Coluna Minas Gerais 25-11

Coluna MG-Sindijori-cabecalho

MP denuncia 6 por compra de CNH (Foto: Detran)

Coluna MG - DetranO Ministério Público Estadual (MPE) finalizou as investigações e apresentou denúncia ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) sobre o caso do suposto esquema de compra de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), ocorrido em 2011, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A denúncia cita seis investigados.Desses, três são policiais civis examinadores, uma instrutora que teria intermediado a negociação fraudulenta, outro funcionário de uma autoescola e um homem que teria pago para adquirir a carteira. [Via Correio de Uberlândia]

Diárias de R$ 160 mil na mira do MP

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Ipatinga, no Vale do Aço, ajuizou Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra o presidente e a vice-presidente da Câmara Municipal de Santana do Paraíso e ainda contra um instituto de assessoria e consultoria atuante na área de gestão pública. Conforme apurado em Inquérito Civil, em menos de um ano, os parlamentares do município gastaram mais de R$ 160 mil com diárias para visitar cidades turísticas, sob pretexto de realizar cursos de capacitação. [Via Diário Popular | Ipatinga]

Federação intervém em eleição da APAE

A Federação Mineira das APAES anunciou a intervenção no processo eleitoral da APAE de Janaúba, no Norte de Minas. Segundo o Ministério Publico foram apresentadas várias denúncias de irregularidades supostamente cometidas por chapas durante o período eleitoral, como a compra de votos, distribuição de cestas básicas e utilização indevida de recursos da entidade com fins eleitorais. Na sexta, o MP já havia suspendido a eleição que ocorreria no domingo. [Via Gazeta Norte Mineira | Montes Claros]

Mulher é presa após ameaçar ex-marido

O fim de dez anos de relacionamento não foi aceito facilmente por Givalda Conceição Lopes de Oliveira, de 51 anos. Ela ameaçou com um revólver calibre 32 o ex-marido e sua atual mulher no bairro Morada do Vale, em Coronel Fabriciano, no Vale do Rio Doce. A acusada alegou que “queria apenas conversar com o casal”. [Via Diário do Aço | Ipatinga]

 Repasse do Bolsa Família sofre redução

O pente-fino realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário no programa Bolsa Família já refletiu nos valores repassados na região de Passos, no Sul de Minas. De acordo com o levantamento realizado pela Folha, com base nos dados do Governo Federal, 643 benefícios foram cancelados ou bloqueados na região, o que significa R$ 61 mil a menos no valor total repassado aos municípios. [Via Folha da Manhã | Passos]

Médicos anunciam fim de greve

Uma reunião entre a representação dos médicos que atendem o Hospital Regional do Sul de Minas, em Varginha, e membros do atual Conselho Diretor da entidade, na noite desta terça, 22, pôs fim a uma paralisação que já durava seis dias. Segundo o representante do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais, Adrian Nogueira, os médicos resolveram aceitar esta nova proposta para evitar maiores transtornos à população. [Via Gazeta de Varginha]

Passagem pode aumentar em Uberaba

Proposta de reajuste da tarifa de ônibus deverá ser apresentada até o fim da próxima semana à Prefeitura de Uberaba, no Triângulo Mineiro. No ano passado, as empresas solicitaram aumento da tarifa de R$3,10 para R$3,65. A Prefeitura concedeu reajuste para R$ 3,50. [Via Jornal da Manhã | Uberaba]

Imobiliárias aderem ao Black Friday

A Black Friday deve impactar diversos setores do comércio nesta sexta, 25. A famosa ação de vendas é um momento esperado por milhares de brasileiros para fazer compras em diversos segmentos do comércio. Algumas imobiliárias de Juiz de Fora, na Zona da Mata, também encontraram no movimento oportunidades de fechar bons negócios. Algumas unidades pretendem atrair os consumidores que buscam por um imóvel e aguardam por uma opção que se encaixe melhor nas necessidades e condições financeiras deles. [Via Diário Regional | Juiz de Fora]

Escola e pais são condenados por agressão

“Age com culpa, na modalidade de negligência, a instituição de ensino que, desatenta às normas de disciplina interna, coloca em risco a integridade física de seus alunos”. Com esse entendimento, a 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) reformou sentença de primeiro grau e condenou escola de Belo Horizonte e os pais de um aluno que agrediu um colega nas dependências do colégio a indenizar a vítima em R$ 15 mil.

Atingida por lona, motociclista é indenizada

A Justiça determinou que a empresa do setor de construção pague R$ 20 mil de indenização por danos morais a uma motociclista que sofreu um acidente. Ela perdeu o controle da moto depois de ter sido atingida por uma lona utilizada em uma obra da empresa que estava mal fixada e foi carregada pelo vento. A decisão é da juíza Célia Ribeiro de Vasconcelos, da 6ª Vara Cível de Belo Horizonte, e levou em conta o “amplo sofrimento físico” da vítima durante sua recuperação.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA